CuriosidadesEuropaFinlândiaNotícias

País mais feliz do mundo paga turistas para que aprendam o segredo da felicidade

país mais feliz do mundo finlândia

A Finlândia, reconhecida pela ONU como o país mais feliz do mundo pela quinta vez consecutiva em 2022, oferece um programa de turismo diferente de tudo o que você já viu.

O programa, chamado de “Rent a Finn” (algo como “Alugue um finlandês”), consiste em colocar turistas em contato com moradores locais para que eles possam aprender sobre a cultura e o estilo de vida finlandeses.

Durante a experiência, os turistas têm a oportunidade de passar o dia com os “Finns”, aprendendo a pescar, cozinhar e desfrutar da natureza.

O objetivo do programa é compartilhar o segredo da felicidade dos finlandeses, que se baseia em um estilo de vida simples, em contato com a natureza e com os outros. Os “Finns” são conhecidos por valorizarem a qualidade de vida e o bem-estar acima de tudo e os turistas que participam do programa podem aprender muito com essa cultura.

Além disso, os turistas selecionados para o programa recebem a oportunidade de se hospedar em uma cabana na floresta, cercados pela natureza e longe do agito das cidades. O programa também inclui refeições preparadas com ingredientes locais e uma série de atividades ao ar livre.

Uma experiência única e enriquecedora, o programa “Rent a Finn” foi criado pelo governo em 2019 e se mostrou uma das campanhas mais bem sucedidas de todos os tempos – aumentando em números pra lá de significativos o turismo no país.

Além de conhecer um país incrível, você pode aprender muito sobre a cultura e o estilo de vida dos finlandeses e, quem sabe, descobrir o segredo da felicidade.

Finlândia é o país mais feliz do mundo

O título de país mais feliz do mundo, com certeza, é algo que muitas nações desejariam alcançar. A Finlândia, na Europa,conseguiu conquistá-lo por 5 vezes consecutivas. Os dados são do Relatório Mundial de Felicidade da ONU (que completou 10 anos em 2022).

Analisando 146 países no total, o relatório utiliza os dados de respostas da Gallup World Poll, que foca em seis fatores-chave: PIB per capita; apoio social; expectativa de vida; liberdade para fazer escolhas de vida; generosidade e; níveis de corrupção.

finlândia

O que faz da Finlândia o país mais feliz do mundo? Existem vários fatores que contribuem para isso. Um deles é o sistema de bem-estar social, que garante que todos os cidadãos tenham acesso à educação, saúde e segurança social.

A Finlândia (cuja capital é Helsinque) também é um país muito igualitário, com baixa taxa de desigualdade de renda e oportunidades iguais para todos.

Outro fator que contribui para a felicidade dos finlandeses é a relação com a natureza. O país é conhecido por seus belos lagos, florestas e paisagens naturais; e os moradores valorizam muito esse contato. Eles passam muito tempo ao ar livre, praticando atividades como caminhadas, esqui e pesca.

Além disso, a Finlândia tem uma cultura que valoriza o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal. Os finlandeses trabalham em média 38 horas por semana e têm um grande número de dias de férias e licença paternidade e maternidade remunerada.

Por fim, a Finlândia também é um país muito seguro e com baixo índice de corrupção, o que contribui para a sensação de bem-estar dos cidadãos.

O título de país mais feliz do mundo é algo a se orgulhar e a Finlândia mostra que é possível alcançá-lo através de um conjunto de fatores que incluem bem-estar social, igualdade, contato com a natureza, equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, segurança e baixa corrupção.

Dinamarca, Islândia, Suíça e Holanda – todos na Europa – são os que vêm logo após a Finlândia no relatório de países mais felizes do mundo de 2022.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Posts relacionados
Arte e CulturaCulturaCuriosidadesDestinosDestinos ImersivosDestinos InternacionaisDicas de ViagemEspeciaisEventosFamíliaFutebolHotéisHurbMochilãoO que fazerPortugalResorts e HotéisTurismoViagens

A trajetória inspiradora de Cristiano Ronaldo

CuriosidadesGeraisNotícias

Isaquias Queiroz e Raquel Kochhann serão os porta-bandeiras do Brasil na abertura das Olimpíadas de Paris 2024

América do NorteArte e CulturaCanadáCulturaCuriosidadesDestinosDestinos ImersivosDestinos InternacionaisDicas de ViagemDisney e OrlandoEspeciaisEstados UnidosEventosFamíliaHotéisHurbO que fazerResorts e HotéisTurismoUrbanoViagens

O basquete brasileiro voltou!

Arte e CulturaDestinosDestinos InternacionaisDicas de ViagemEuropaEventosGastronomiaGréciaHotéisO que fazerViagens

Atenas é o berço dos Jogos Olímpicos