CulturaEsportes Radicais

Pedro Scooby e o projeto para a maior onda do mundo

Análise de desempenho no surf.

É notório o crescimento do uso da tecnologia aplicada ao esporte nos últimos anos, temos exemplos claros como o futebol, o futebol, o tênis e outros esportes convencionais. No entanto, tem havido uma falta de aplicações tecnológicas no surf, apesar do seu valor de mercado em 2021 de 3,97 mil milhões de dólares e de uma previsão de receita esperada de 5,47 mil milhões de dólares até 2028 . Esta falta de aplicação de tecnologia no surf cria uma oportunidade com enorme potencial para satisfazer a procura latente do mercado.

O projeto do nosso Lab de inovação foi liderado pelo Engenheiro Lucas Cruz e centra-se na exploração de tecnologias capazes de medir e analisar o desempenho de atletas de surf. Utilizando sensores inerciais e algoritmos de estimativa de pose, podemos obter dados relevantes do atleta durante a prática esportiva, como aceleração, rotação e ângulos entre os membros do corpo.

Esses dados permitem reconstruir a trajetória e o posicionamento do atleta em um ambiente virtual, possibilitando uma análise detalhada de seu desempenho e gerando novos insights para possíveis melhorias.

Com a consolidação da captura de dados, abrimos um amplo leque de opções de como utilizar essas informações. Por exemplo, podemos:

  • Compare o desempenho entre as baterias
  • Crie um cronograma de evolução do atleta
  • Compare o desempenho entre atletas
  • Dados de desempenho cruzado com condições do mar
  • Dados de desempenho cruzado com diferentes equipamentos, como pranchas e quilhas

Entre muitas outras hipóteses que podem ser visualizadas e validadas.
No geral, nosso projeto visa aprimorar a tecnologia aplicada no surf para melhorar o desempenho dos atletas, aumentar a popularidade do esporte e atender à demanda do mercado por soluções inovadoras.

Desafios

O surf, como esporte prático em mar aberto, enfrenta diversas dificuldades inusitadas, como a necessidade de equipamentos com proteção adequada da água e da salinidade, a incontrolabilidade das condições marítimas e climáticas, além da frequente variação no local das competições. Para resolver estes desafios, procuramos formas inovadoras de abordar estas situações utilizando tecnologias recentes e pouco exploradas no surf.

Um desafio na análise do desempenho do surf é a falta de dados categorizados de código aberto. Isso se deve ao fato do surf ser um esporte ainda pouco explorado nos meios tecnológicos. Como resultado, capturar e gravar sessões de surf e categorizar os dados com informações relevantes pode ser difícil. Isto torna um desafio realizar análises abrangentes e desenvolver modelos de IA para o esporte.

O que conquistamos até agora

Nossa equipe fez progressos significativos na análise do desempenho do surf, explorando diversas tecnologias. Atualmente, estabelecemos duas vertentes principais de análise:

  • Medições de sensores inerciais (IMMUs)

Unidades de medição inercial (IMMUs) são dispositivos eletrônicos que usam acelerômetros, giroscópios e magnetômetros para medir e relatar a força específica, taxa angular e orientação de um corpo. Nossa análise depende de sensores inerciais vestíveis e de alta precisão, leves, portáteis e adequados para o ambiente marítimo. A visualização de dados em tempo real também é possível.

Publicar
  • Visão Computacional

Visão Computacional é um subcampo da Inteligência Artificial (IA) que nos permite extrair informações significativas de imagens e vídeos digitais. Nossa análise emprega algoritmos de detecção de objetos para identificar o atleta na imagem e algoritmos de estimativa de pose humana para classificar e localizar as articulações do corpo humano.

Consideramos estas duas tecnologias complementares uma vez que os Sensores Inerciais fornecem medições mais precisas que não dependem da visualização clara do atleta, enquanto a Visão Computacional oferece uma solução menos dispendiosa e mais conveniente que pode ser aplicada a registos anteriores de baterias de surf.

No geral, a análise do desempenho do surf da nossa equipe combina o poder dos sensores inerciais e da visão computacional, resultando em uma compreensão abrangente e precisa dos movimentos do atleta durante o surf.

Publicar

Conquistas

Pedro Scooby

Um marco significativo do projeto foi o acompanhamento do atleta Pedro Scooby durante o seu regresso ao surf de ondas grandes na Nazaré após a lesão. O atleta foi monitorado e filmado com tecnologia avançada, como drones, câmeras subaquáticas e câmeras terrestres. Este marco está associado à produção de um filme que mostra nossa tecnologia e posiciona o Hurb como líder em inovação e tecnologia.

Publicar

Davizinho Radical

Davizinho é bicampeão mundial de surf adaptado e recente adição ao time de atletas do Hurb. O nosso objetivo é ajudar no desenvolvimento deste atleta, que ambiciona tornar-se o primeiro atleta da sua categoria a surfar ondas gigantes na Nazaré, Portugal. Com nossa tecnologia avançada e experiência em análise de desempenho no surf, acreditamos que podemos ajudar Davizinho a atingir seus objetivos e causar um impacto significativo na comunidade do surf.

No futuro, estamos empenhados em continuar os nossos esforços de investigação e desenvolvimento para ultrapassar os limites da tecnologia na indústria do surf. Ao fazer parcerias com atletas como Pedro Scooby e Davizinho, esperamos demonstrar o poder da nossa tecnologia e consolidar a nossa posição como líder em inovação e tecnologia no mundo do surf.

Publicar
Publicar
What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Posts relacionados
CulturaCuriosidades

Saiba mais sobre a luta das mulheres pela igualdade de direitos

BrasilCulturaCuriosidadesDestinosDicas de ViagemHurbLGBTQIA+NotíciasViagens

Vai para a Parada LGBTQIA+? Confira nossas dicas de hospedagem

CulturaCuriosidadesDestinosDicas de ViagemHurbTurismoViagens

Viaje para os cinco destinos mais fotogênicos de 2024

CulturaCuriosidadesHurbTurismoUncategorized

Entenda como um calendário de eventos movimenta o Turismo