AventuraCuriosidadesEsportes RadicaisHurbMundo Hurb

7 recordes malucos quando você pensou que já tinha visto de tudo nessa vida…

7 recordes malucos pelo mundo afora

Freddy Nock em Zugspitze

A corda bamba mais insana já caminhada

Tipo: Recorde de altura & distância
Quem: Freddy Nick
Onde: Alemanha
Perigos: Ventos fortes, desequilíbrio, estresse
Nível de insanidade: 9
Status: Realizado com sucesso
Uma pessoa normal tomaria o bondinho para chegar ao topo da montanha mais alta da Alemanha, o pico Zugspitze. Mas para o suíço Freddy Nock, esta é uma excelente oportunidade de se equilibrar pelos cabos acima. Numa manobra de vida-ou-morte de 80 minutos, ele caminhou um quilômetro inteiro e subiu 348 metros, conquistando o recorde mundial de caminhada sobre fios mais alta e mais comprida.
Jim ‘Tubarão’ Dreyer em ação

Rebocando uma tonelada de tijolos

Tipo: Inédito / Recorde de distância
Quem: Jim ‘Tubarão’ Dreyer
Onde: Estados Unidos
Perigos: Afogamento, falta de oxigênio e barco afundar
Nível de insanidade: 8
Status: Realizado com sucesso
Jim ‘Tubarão’ Dreyer arrastou um barco carregado de meia tonelada de tiojolos durante três dias e duas noites pelo lago St. Clair (EUA) em 2013. Segundo ele, “as alucinações são divertidas. Um barco veio em minha direção e depois desapareceu, e eu vi um homem vestido com uma túnica branca sobre a água. Eu acho que era o grande J.C.”.
Conheça melhor esta figura do esporte em seu website.
Este é o biciclo mais aventuresco do mundo

O quão longe você consegue ir com um biciclo?

Tipo: Recorde de distância
Quem: Joff Summerfield
Onde: Planeta Terra
Perigos: Tráfego, higiene, quedas… e assaltos!
Nível de insanidade: 5
Status: Interrompido
Este antigo engenheiro de Fórmula 1 já pedalou seu biciclo por mais de 30 países, incluindo as missões que saíram da Europa para a China e os Estados Unidos. Sua primeira tentativa de volta ao mundo, em 2001, foi interrompida após uma queda brutal e, em 2003, ele chegou a Budaspeste (Hungria), quando seus joelhos não aguentaram mais e ele caiu. Finalmente, em 2008, ele completou a jornada mundial, mas quis repetir o feito: desta vez, indo na direção oposta.
“Eu fiquei sem água na Turquia e tive que beber de um cano de irrigação de uma fazenda. Eu fiquei 10 dias com desinteria por conta disso”, comenta.
Atualização: infelizmente, após percorrer mais de 15.000 km em seu biciclo. Joff foi assaltado no Equador, próximo à capital (Quito) enquanto dormia. Rendido por dois assaltantes armados (que não ousaram utilizar o biciclo como fuga), ele desistiu da empreitada e voltou à Inglaterra.
Stig Severinsen nada sob o gelo no lago Qorlortoq, na Groenlândia

Ele se meteu numa fria

Tipo: Distância
Quem: Stig Severensin
Onde: Groenlândia
Perigos: Hipotermia, falta de oxigênio
Nível de insanidade: 10
Status: Realizado com sucesso
Stig Severinsen é um competidor sangue frio – literalmente. O mergulhador-livre dinamarquês estabeleceu um recorde com o maior nado debaixo do gelo, percorrendo quase 80 metros que separavam a entrada e a saída do bloco em um minuto e meio (numa tacada só, sem respirar). A água gelada aumenta, e muito, o fator de risco. “A água pode rapidamente dar uma sensação de vertigem ao mergulhador e o mergulhador pode perder todo o ar em questão de segundos”, comenta ele.
Rob Thomson cruzou 12.159 km com seu skate durante um ano e 97 dias, da Suíça a Xangai

Dando um rolê de skate pelo mundo

Tipo: Recorde de distância
Quem: Rob Thompson
Onde: Europa, Estados Unidos e China
Perigos: Tráfego, montanhas e polícia norte-americana
Nível de insanidade: 5
Status: Realizado com Sucesso
A jornada dos 12.159 km que Rob Thompson realizou sobre seu skate, da Suíça à China, levou um ano e 97 dias para ser completada. Além das bikes, barcos, trens e barcos utilizados para a circunavegação pelo globo, este neo-zelandês andou 1.541 km de skate pela Europa, 5.529 km pela América e 5.462 km pela China.
“Eu andava umas cinco, seis horas de skate por dia. As três primeiras horas do dia são ótimas. As duas ou três horas restantes são difíceis. Eu amava e odiava”.
Conheça melhor a aventura de Rob em seu website oficial.
Steve Birkinshaw correndo

Resolveu correr e não parar mais

Tipo: Recorde de distância
Quem: Steve Birkinshaw
Onde: Inglaterra
Perigos: Contusão, exaustão
Nível de insanidade: 8
Status: Realizado com sucesso
Steve Birkinshaw resolveu correr – e não parou mais. Ele cruzou uma distância de 512 km, sendo 36 km de subida, passando por 214 picos no interior da Inglaterra. “Houve alguns momentos muito difíceis, mas a cada vez que eu chegava em algum topo, eu encontrava alguém que me dava forças”.
Fernanda Maciel no Aconcagua

E por falar em montanhas…

Tipo: Recorde de distância / velocidade
Quem: Fernanda Maciel
Onde: Monte Aconcágua, Argentina
Perigos: Mau tempo, contusão, exaustão
Nível de insanidade: 9
Status: Realizado com suceeso
What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Posts relacionados
HurbHurb RespondeMundo HurbNotíciasViagens

Transforme um pedido cancelado em uma nova viagem com o Hurb

DestinosDestinos NacionaisDicas de ViagemHurbTurismoViagens

Aproveite as Maravilhas de Foz do Iguaçu com Conforto Extra

HurbO que fazerRomânticoUncategorized

Pensando em casar? Separamos os destinos mais românticos para fazer seu pedido

CuriosidadesDestinosDestinos NacionaisHurbViagens

São Paulo: A Metrópole que Acolhe o Mundo