ÁsiaCuriosidadesEuropaLua de MelRomântico

Casal troca festa de casamento por mochilão (que mudou a vida deles para sempre!)

mochilão

Você já pensou em abrir mão de um casamento tradicional, com cerimônia e festança, para fazer uma viagem que mudaria sua vida para sempre? O casal que você vai conhecer não pensou duas vezes em deixar a festa de casamento de lado para embarcar em um mochilão pelo mundo.

Bernardo, que tinha 29 anos na época, e Natália, 28, são um casal do Espírito Santo que decidiu que uma viagem inesquecível seria muito mais marcante do que uma festa de casamento.

Eles partiram para uma jornada de cinco meses de mochilão, passando por França, Noruega, Espanha (Caminho de Santiago de Compostela), Portugal, Holanda, Itália, República Tcheca, Alemanha, Áustria, Hungria, Eslováquia, China, Indonésia, Malásia, Laos, Tailândia, Mianmar, Camboja, Vaticano, Vietnã e Coréia do Sul. Sim, você leu corretamente: eles visitaram 21 países!

Mochilão: como tudo começou

O casal já compartilhava o amor por viajar desde o início do namoro. Morando em estados diferentes, eles aproveitavam os finais de semana e feriados para conhecer boa parte do Brasil, passando por Natal, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador, Chapada dos Veadeiros, Maceió, Cuzco, Chapada Diamantina, Monte Roraima e muitos outros lugares.

Essa ideia meio maluca do mochilão começou a tomar forma quando Bernardo e Natália decidiram dar um passo adiante na relação. Depois de cinco anos de namoro à distância, eles resolveram que queriam mesmo era ficar juntos e partiram para o casamento.

Apesar de ter sido uma decisão difícil, o casal partiu com tudo para uma lua de mel dos sonhos depois do casamento civil. Claro que, para embarcar em uma viagem tão longa, eles precisaram deixar seus empregos e contar para suas famílias sobre seus planos.

Além disso, eles tiveram que planejar muito bem os gastos para que o orçamento apertado durasse os cinco meses de viagem. Segundo eles, o segredo foi fechar as passagens e hospedagens com antecedência para conseguir preços melhores (coisa que a Hurb tem o maior prazer em ajudar!).

Viajar com a pessoa amada é uma experiência incrível e inesquecível, mas nem tudo são flores. O casal Bernardo e Natália aprendeu muita coisa durante esses cinco meses pelo mundo e listou os pontos positivos e negativos de um mochilão a dois.

O lado bom da vida

Viajar é uma das experiências mais enriquecedoras que alguém pode ter na vida. Para Bernardo e Natália, um casal de jovens apaixonados por aventuras, a decisão de fazer um mochilão pela Europa por cinco meses foi uma das melhores escolhas que eles já fizeram.

Ao longo da viagem, eles puderam vivenciar momentos únicos e conhecer pessoas de diferentes culturas. Além disso, aprenderam muito sobre si mesmos e sobre a vida em geral.

mochilão

Um dos pontos positivos dessa aventura foi o autoconhecimento. Eles tiveram tempo para refletir sobre suas vidas e olhar para dentro de si mesmos. Além disso, aprenderam a respeitar as diferenças, já que tiveram que tomar decisões em conjunto e conviver 24 horas por dia.

Conhecer outras culturas também foi algo muito importante. Eles tiveram a oportunidade de testemunhar os contrastes culturais que existem no mundo e fazer amizade com pessoas de diferentes países. Isso fez com que eles aprendessem a dar mais valor aos amigos e à família, que muitas vezes são deixados de lado quando se está próximo.

Outro ponto positivo foi a diminuição da ansiedade. Eles aprenderam a viver intensamente cada momento, sem se preocupar tanto com o próximo destino. Isso fez com que eles fossem mais gratos pelo que tinham e exigissem menos.

A participação conjunta em uma grande aventura também fortaleceu o relacionamento dos dois. Eles contam que isso amadureceu a relação e os uniu ainda mais.

Além disso, Bernardo teve a oportunidade de aprimorar suas habilidades fotográficas, enquanto Natália escrevia diários sobre os lugares que visitavam. Eles voltaram para casa com cinco meses de memórias inesquecíveis.

Por fim, aprenderam a se virar com pouca coisa. Com apenas uma mochila para cada um, eles levaram apenas o que era essencial para a viagem. Isso os fez repensar a forma como viviam e encaravam a vida.

Viajar é uma experiência que pode mudar a vida de qualquer pessoa. Para Bernardo e Natália, a viagem foi um marco em suas vidas, que os fez crescer e aprender muito sobre si mesmos e sobre o mundo ao seu redor.

Desafios de um mochilão em casal

  1. Orçamento: como mencionado anteriormente, o orçamento da viagem foi apertado, o que exigiu planejamento e economia em diversas situações. Por exemplo, optar por hospedagens mais simples e baratas, fazer refeições em locais mais econômicos, entre outras medidas.
  2. Adaptação: mesmo com toda a experiência de viagem que já possuíam, o casal teve que se adaptar a diferentes culturas, línguas e hábitos alimentares. Além disso, enfrentaram desafios físicos, como longas caminhadas e subidas íngremes em algumas das trilhas que percorreram.
  3. Convivência constante: passar 24 horas por dia, 7 dias por semana juntos pode ser um desafio para qualquer casal. Bernardo e Natália precisaram exercitar a paciência e aprender a tomar decisões conjuntas, mesmo nas situações mais simples.
  4. Comunicação: viajar para lugares onde a língua é diferente pode ser um desafio para a comunicação. Bernardo e Natália precisaram recorrer a aplicativos de tradução e usar a linguagem corporal em muitas situações.
  5. Cansaço físico e mental: Viajar por tantos lugares e ter que lidar com a rotina de mochilão pode ser exaustivo. Ainda, a falta de um lugar fixo para chamar de lar pode trazer certa insegurança e instabilidade.
  6. Conviver com limitações financeiras: Mesmo com planejamento, é difícil não passar por momentos de aperto financeiro.
  7. Ausência de amigos e família: Não ter as pessoas queridas por perto pode ser um dos desafios mais difíceis em uma viagem de longa duração, mas também pode ser uma oportunidade para valorizá-las ainda mais.

Em resumo, trocar a festa de casamento por um mochilão pelo mundo pode ser uma opção incrível para quem busca uma experiência única e inesquecível.

Como em qualquer viagem, haverá desafios a serem enfrentados, mas também muitos aprendizados e momentos especiais. Para Bernardo e Natália, essa decisão mostrou que o verdadeiro amor é capaz de superar qualquer barreira, inclusive geográficas.

Se você está pensando em embarcar em uma aventura parecida, considere essas vantagens e prepare-se para uma jornada memorável.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Posts relacionados
CulturaCuriosidadesDicas de ViagemUncategorized

Porto de Galinhas: Um Paraíso Tropical Esperando por Você

CuriosidadesViagens

Hostels: Uma Alternativa de Hospedagem Vibrante!

CuriosidadesNotícias

Ayrton Senna: reviva a lenda! Experiência única no coração do Rio!

RomânticoUncategorizedViagens

Torre Eiffel em tempo real ao vivo e em realidade aumentada