Destinos InternacionaisEuropaO que fazerPortugalVida Noturna

Baladas em Lisboa para agradar a todos os gostos

Baladas em Lisboa

Lisboa é uma daquelas cidades que encantam e dão aquele gosto de “quero mais”: são muitas ladeiras para subir e explorar as ruas charmosas. Escolher em qual tasca sentar e pedir um copo de vinho da casa enquanto aprecia uma refeição muito saborosa e decide em qual mirante apreciar a vista da cidade. E depois disso tudo, quando a noite cair, quais baladas em Lisboa valem a pena visitar? 

Quando falamos de Lisboa, estamos falando da cidade de um dos países mais antigos do mundo – mas não tem caretice nenhuma quando o assunto são as opções para os amantes da vida noturna na capital portuguesa

A partir de agora, você confere um roteiro com algumas das baladas mais interessantes e imperdíveis de Lisboa. 

Que tipo de balada há em Lisboa? 

A resposta simples é: todas as imagináveis! Lisboa é uma cidade com muita vida e diversidade, então a decisão sobre em qual balada noturna passar seu tempo é realmente uma questão de gosto. 

Ah, é sempre bom lembrar que, embora Lisboa seja uma cidade bem segura, zelar pela sua segurança é essencial em viagens internacionais. Cuidado com o abuso de bebidas alcoólicas e sempre preze pelo seu bem-estar. 

O que preciso saber sobre a vida noturna de Lisboa? 

Algumas dicas para garantir uma experiência agradável durante sua excursão noturna.

Regras de conduta: a depender do lugar, podem haver restrições como não usar camisetas de times ou não permitir a entrada no local de pessoas visivelmente alcoolizadas. Consulte o website ou redes sociais dos estabelecimentos para garantir que essas regras sejam respeitadas. 

Os preços de entrada podem variar de acordo com o dia da semana e atrações planejadas para a noite. É sempre importante checar as redes sociais dos estabelecimentos para se informar sobre preços de entrada, se uma parte é revertida em consumação… 

E, falando em consumação, embora a maioria dos estabelecimentos em Lisboa aceitem pagamento com cartão (ou multibanco, como dizem os locais), é sempre interessante checar se aquele local em específico aceita pagamentos somente em dinheiro. Outro ponto é que alguns estabelecimentos não aceitam pagamento com cartão de bancos que não sejam de Portugal, então este é mais um motivo para circular com algum dinheiro vivo. 

Quais baladas de Lisboa vale a pena conhecer?

Há baladas em Lisboa para todos os estilos e gostos. Vale a pena conhecer algumas das mais famosas!

O Purista 

Uma combinação inicialmente inusitada, mas que pode fazer sentido para muitos tipos de clientes: por que não cortar o cabelo e beber uns copos? É isso que se encontra n’O Purista. Este é um lugar menos popular na internet, mas frequentado por pessoas locais. 

➔ Endereço: R. Nova da Trindade 16C (Google Maps)

5A Club 

Localizado no bairro Príncipe Real, onde não faltam opções gastronômicas, nem para encher copos antes de uma noite de música e dança. Um bom lugar para apreciar música eletrônica, que é o forte do 5A Club.

Crédito: TimeOut

➔ Endereço: R. do Noronha 5A (Google Maps)

Lux Frágil

É impossível não incluir a Lux na lista, já que é uma das baladas mais famosas de Lisboa. O espaço tem três ambientes diferentes, que têm atrações musicais de acordo com a programação do momento. 

A Lux Frágil também é conhecida pela vista imbatível que as pessoas visitantes têm do Rio Tejo na varanda do andar térreo. Certamente, vale a pena dar uma pausa do agito musical da parte de dentro e ficar um tempinho admirando a paisagem. 

Ah, prepare a energia: a balada começa no início da madrugada (por volta de meia-noite) e pode durar até 8 ou 9 horas da manhã. 

Crédito: Lux Frágil

➔ Endereço: Av. Infante D. Henrique a Sta Apolónia Cais da Pedra, Armazém A (Google Maps)

Capela

Bom, o nome Capela não deve ser por nada, não é mesmo? 

Conhecer o Capela é uma boa opção para quem está no Bairro Alto (já conhecido pela sua agitada vida noturna) e quer uma experiência um tanto diferente. A surpresa começa ao entrar na casa noturna, já que quadros que mais fariam sentido em um museu ou em uma igreja enfeitam as paredes.  

Dica importante: o Bairro Alto tem muitas opções de restaurantes e bares; mas vale escolher bem onde ir porque é uma região que atrai muitos turistas e, portanto, pode praticar preços mais salgados. Embora valha a visita para conhecer as ruas charmosas, o Bairro Alto não é tão frequentado assim por moradores de Lisboa. 

Crédito: TripAdvisor

➔ Endereço: R. da Atalaia 45 (Google Maps)

Kimbo 

O autêntico “inferninho” de Lisboa: é fácil passar direto pela porta de entrada do Kimbo porque não há nenhum destaque ou sinalização específica que indique o local. Porém, ao entrar, tudo muda e é impossível não se surpreender com a luz vermelha brilhante. É comum que a portaria seja controlada pela mesma pessoa responsável pelo bar.

As cervejas são geladas e, a depender da noite, é possível que o público controle o som do local – tudo depende de um pouco de sorte e humor do responsável! 

Este é um dos locais que não aceita pagamento em cartão, então a dica de andar com alguns trocados se aplica para este tipo de caso.

➔ Endereço: R. Heliodoro Salgado 24C (Google Maps)

Damas

Um bar que abriu há relativamente pouco tempo, mas já conquistou lugar cativo entre as pessoas que frequentam a noite de Lisboa. 

Além disso, a localização no charmoso e agitado bairro da Graça também ajuda nesse reconhecimento do Damas. Este é um bom lugar para levar pessoas ecléticas e que querem um ambiente diverso para aproveitar a noite. 

Dividido em dois ambientes – um onde é possível comer e beber, e outro voltado para a parte do público que quer música e festa. 

A programação musical é variada, então vale a pena conferir a agenda da semana para saber o que te aguarda no Damas.

Crédito: @paulbernhardt | Lisboa Secreta

➔ Endereço: R. da Voz do Operário 60 (Google Maps)

Finalmente 

Trata-se de um ambiente voltado para acolher e celebrar a diversidade, então o público LGBTQIAPN+ é mais que bem-vindo. 

O Finalmente é famoso pelas apresentações de artistas trans, variando entre uma dublagem de músicas (muitas vezes famosas, o que rende o público cantando junto) e também interação das hostess da noite com o público. 

Há petiscos e bebidas geladas vendidos no local.

Crédito: Ilga Portugal

➔ Endereço: R. da Palmeira 38 (Google Maps)

A capital portuguesa é encantadora, charmosa e tem atrações para todo tipo de pessoa. Agora que você já sabe em qual balada vale passar seu tempo, que tal começar a programar sua viagem para Lisboa?

Até a próxima!

Posts relacionados
Destinos InternacionaisGastronomiaO que fazer

Aceso há quase 300 anos, o forno do restaurante mais antigo do mundo nunca foi apagado

CuriosidadesDestinosO que fazerRio de Janeiro

Pontos turísticos do Rio de Janeiro: confira 7 curiosidades

AlemanhaDestinos InternacionaisEuropa

10 motivos para conhecer Berlim

Destinos InternacionaisEspanhaEuropaGastronomiaO que fazer

Descubra quais são os melhores restaurantes de Madrid