CruzeirosDicas de Viagem

Cruzeiros – Tudo que você precisa saber antes de embarcar

Estamos em plena temporada de cruzeiros com destinos no Brasil, atraindo viajantes que desejam experimentar novidades nas férias. Antes de se aventurar pelas águas, veja as melhores dicas que o Hotel Urbano separou para você aproveitar cada momento de uma viagem que é um barato!

Duração – A maior parte das operadoras oferece cerca de oito dias no navio, com escala em alguns destinos. Para quem já experimentou passar um tempo em um cruzeiro e quer ir além-mar, as longas viagens são a sensação. Podendo ultrapassar a marca de 20 noites, elas chegam a levar até a Europa passando pela costa brasileira e entrando pelo mediterrâneo, por exemplo. Mas, para quem está começando, uma boa estratégia é buscar viagens mais curtas. Com opções de 3 a 5 noites, você poderá testar sua resistência para o balanço do mar e decidir por uma aventura mais longa da próxima vez.

Enjoos – A principal preocupação de quem nunca viajou de cruzeiro é o enjoo. Se você costuma se sentir mal em viagens de carro por curvas sinuosas, quando lê em movimento ou em qualquer outra situação de muitos movimentos repetidos, as chances de um novo episódio de enjoo são grandes. O importante é saber que é tudo uma questão de costume e que, se você passou mal num dia, não significa que se sentirá assim durante toda a viagem. Ainda que o cruzeiro tenha oscilações suaves, as recomendações para evitar o mal-estar é reduzir o consumo de gorduras, cafeína e álcool, caminhar no convés do navio e dormir bastante. Todos os cruzeiros têm uma equipe médica que poderá auxiliá-lo em casos mais graves.

Cabine – As cabines com varanda dão acesso ao ar livre e farão a sua viagem mais mágica, com vista para o horizonte e a chance de contemplar o oceano durante toda a navegação. Outra opção com entrada de luz natural são as cabines externas com janela ou escotilha. As cabines internas não possuem janela ou vista, mas são as mais em conta. Sobre a localização no navio, as cabines da parte debaixo e no centro do navio são as mais estáveis durante a viagem e são as melhores para quem está preocupado com os enjoos. Aquelas localizadas na parte da frente são as que sofrem maior oscilação e as da traseira ouvem mais os ruídos do maquinário da embarcação.

Escalas – As paradas do navio podem acontecer em cidades com porto para desembarque de passageiros ou ao largo. No primeiro caso, o fluxo de entrada e saída do navio para visitação do ponto turístico costuma ser bastante organizado e sem problemas. Já as paradas com desembarque em alto-mar são feitas por meio de lanchas e as filas podem ser bem longas e demoradas. Além disso, dependendo das condições do clima, em algumas situações o navio pode ser impedido de fazer esta parada e seu trajeto será modificado.

Câmbio – Mesmo com circulação na costa brasileira, dentro dos cruzeiros todo o consumo é pago em dólar, ou em euro, no caso de viagens que incluem destinos na Europa. Você precisará de dinheiro para consumir bebidas alcoólicas, já que a maior parte das operadoras não permite seu embarque. Jogos e compras também são cobrados em dólar ou euro. Programe este valor, acompanhe a cotação e já embarque com a moeda que será utilizada, ou prevendo este gasto no cartão de crédito.

Noite do Comandante – Veja na programação de sua viagem se nela está prevista a Noite do Comandante. Se sim, inclua na sua bagagem uma roupa formal especialmente para este momento. Esta é uma noite tradicional em que é servido um jantar sofisticado e um paletó ou vestido mais arrojados ajudarão a compor o clima. Embeleze-se e divirta-se!

Posts relacionados
Destinos NacionaisDicas de ViagemEspeciaisResorts e HotéisRio de JaneiroSudeste

Hotéis à beira-mar no Rio de Janeiro com vista de tirar o fôlego

Dicas de ViagemMundo Hurb

Como funcionam os Pacotes de Data Flexível do Hurb?

Dicas de ViagemEventosO que fazer

16 bares e festas imperdíveis para assistir aos jogos da Copa no Rio de Janeiro

Dicas de Viagem

5 cidades perto de Brasília para ir de carro num fim de semana

Deixe um comentário