CuriosidadesSanta Catarina

O jeito mané de falar: um guia de gírias para celebrar o aniversário de Florianópolis

florianópolis

Em todo 23 de março, Florianópolis completa mais um ano de vida. Em 2023, já são impressionantes 350 anos de idade e Floripa, como é carinhosamente chamada pelos nativos, é uma cidade repleta de belezas naturais, história e cultura.

Localizada no estado de Santa Catarina, o município brasileiro é um destino turístico procurado por pessoas do mundo inteiro. Com suas praias paradisíacas, dunas de areia branca, lagoas e a Serra do Tabuleiro ao fundo, não é à toa que a cidade recebeu o título de “Ilha da Magia”.

A cidade que é conhecida por sua tranquilidade, cultura, e claro, seu sotaque e gírias inconfundíveis, celebra seu aniversário de maneira especial. As ruas se enchem de turistas e moradores locais e o clima de festa toma conta da cidade.

Falando nisso, o vocabulário dos nativos de Florianópolis é único. Conhecido como “manezês”, o dialeto é uma mistura de português com influências açorianas e africanas, além de outras gírias locais.

Para quem ainda não conhece, criamos um pequeno dicionário informal de algumas das gírias mais usadas pelos manezinhos, mas antes é preciso fazer um esclarecimento.

Florianópolis e os manézinhos da ilha

Antes que surja alguém pensando que estamos destratando os cidadãos de Santa Catarina, o termo “mané” é uma gíria utilizada pelos próprios habitantes de Florianópolis para se referirem a si mesmos.

Existem diferentes teorias sobre a origem da expressão, mas a mais aceita é a que remete à época da construção da ponte Hercílio Luz, um dos cartões-postais da cidade.

Naquela época, a obra era considerada uma grande proeza técnica, mas também gerava muitos problemas para a população, como atrasos no transporte e aumento no custo de vida.

Os trabalhadores responsáveis pela construção eram, em sua maioria, imigrantes vindos de outras partes do Brasil e também de outros países, que eram chamados de “gringos” pelos moradores locais.

Essa relação entre os trabalhadores estrangeiros e a população local gerou conflitos e rivalidades. Os moradores de Florianópolis, para se distinguirem dos trabalhadores “gringos”, passaram a se chamar de “manés”, em referência a Manuel, nome muito comum entre os nativos da ilha.

Com o tempo, o termo acabou sendo adotado pelos próprios moradores como uma forma de identidade local e de orgulho da cidade.

Dicionário de manezês para visitar Floripa

  • “Morô?” ou “Molezinha?”: gíria que significa “e aí?”, “tudo bem?”;
  • “Tô indo, tchau!” ou “Tô de saída!”: significa que a pessoa está saindo, indo embora;
  • “Tá uma brasa, mora?”: expressão usada para perguntar se está calor;
  • “Tá doido, tchê?”: usada para demonstrar espanto, surpresa;
  • “Deu tiro pela culatra”: expressão usada para dizer que algo não saiu como o esperado;
  • “Vamo nessa, chê!”: gíria usada para indicar que é hora de partir ou começar algo;
  • “Mô quirido” ou “Mô mozão”: expressões carinhosas usadas para se referir a alguém;
  • “Aí manezada!”: saudação em que “manezada” se refere aos nativos de Florianópolis;
  • “Vai dar onda”: significa que algo vai ser divertido ou animado;
  • “Cheio de marra”: expressão usada para descrever alguém com atitude ou presunção;
  • “Barca furada”: algo que não vale a pena ou que pode dar errado.
  • “Deu bom”: expressão usada para indicar que algo deu certo ou foi bem-sucedido;
  • “Meio a meio”: gíria para pedir uma bebida que mistura dois sabores, como uma caipirinha meio morango e meio limão.

Floripa é um destino turístico imperdível para quem busca uma combinação única de belezas naturais, cultura e gastronomia. Com praias de águas cristalinas, como a Joaquina, a Mole e a Barra da Lagoa, e trilhas deslumbrantes, como a da Lagoinha do Leste, Florianópolis encanta turistas do mundo todo.

Além das belezas naturais, a cidade também é conhecida por sua rica cultura, expressa através da música, artesanato e culinária. O artesanato em palha de milho e a renda de bilro são tradições preservadas pelos manezinhos, que também são famosos por suas deliciosas ostras e frutos do mar.

Se você está planejando uma viagem para Floripa, não deixe de experimentar a sequência de camarão e a tainha na telha, pratos típicos. Para acompanhar, peça uma cerveja bem gelada, afinal, como dizem os manés, “toma uma gelada e relaxa”.

Assim, o manezês vai ganhando cada vez mais espaço no vocabulário dos turistas que visitam a cidade. Você já conhecia essas gírias? Se ainda não, vem pra Floripa e mergulhe na cultura local.

Feliz aniversário, Floripa! Que a cidade continue encantando a todos com sua beleza natural e cultura única. Para os manezinhos de coração, um forte abraço e um “tá doido, tchê?” para celebrar este dia especial.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Posts relacionados
BrasilCuriosidadesDestinosDicas de ViagemHurbNordesteViagens

Desfrute do melhor de Porto Seguro e Natal em um fim de semana inesquecível

CulturaCuriosidades

Saiba mais sobre a luta das mulheres pela igualdade de direitos

BrasilCulturaCuriosidadesDestinosDicas de ViagemHurbLGBTQIA+NotíciasViagens

Vai para a Parada LGBTQIA+? Confira nossas dicas de hospedagem

CulturaCuriosidadesDestinosDicas de ViagemHurbTurismoViagens

Viaje para os cinco destinos mais fotogênicos de 2024